ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video



Um ação conjunta das Polícias Rodoviária Federal, Polícia Militar e Polícia Civil para prender suspeitos de atirar contra policiais rodoviários federais no posto de Mamanguape, terminou com um suspeito morto, na manhã desta quinta-feira (25), próximo ao Rio Camaratuba, município em Mamanguape, no Litoral Norte paraibano.  A ação contou com a participação do helicóptero da Polícia Rodoviária Federal.
De acordo com a PRF, o suspeito após o confronto com os policiais rodoviários federais durante a noite fugiu pela mata em direção a Camaratuba. Nesse trajeto ele tomou um veículo por assalto que foi avistado na BR-101 pela equipes que faziam as buscas.
“O veículo foi avistado por uma das equipes. Fizemos um acompanhamento tático e ele saiu da BR-101 e entrou em uma estrada próximo ao Rio Camaratuba, abandonou o veículo e entrou no mato.  Na tentativa de capturá-lo, o suspeito reagiu a tiros contra a PRF e e uma troca de tiros foi ferido de forma mortal”, informou o inspetor Francenildo.
O suspeito morto foi identificado como José Santos Aquino. Ele é apontado pela morte de um sargento da Polícia Militar.
Em uma coletiva agendada para às 12h, na sede da PRF, em João Pessoa, o superintendente do órgão, Douglas Batista Uchoa, estará repassando todas as informações da ação.
Já os três policiais rodoviários federais feridos durante a noite já receberam alta hospitalar e passam bem, segundo a assessoria da PRF. Após serem baleados, eles foram socorridos e atendidos no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.
Roberto Targino – MaisPB
3
0 Comentários

Postar um comentário