ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video


Após especulações e interpretações equivocadas de uma declaração do governador Ricardo Coutinho (PSB), onde apontavam que ele falou abertamente sobre disputar um cargo de senador nas eleições deste ano – o que resultaria na sua desincompatibilização do Governo do Estado em abril -, o próprio gestor explicou o caso na tarde desta sexta-feira (2), durante entrevista ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM.

“Tenho maior cuidado agora, porque tudo que falo tem várias interpretações. O que disse, disse várias coisas. A primeira delas é que estou muito bem aonde estou, estou fazendo o que gosto. Estou muito bem aonde estou, sendo produtivo, e meu compromisso é que este governo vá até dezembro. Não há nenhuma possibilidade, absolutamente nenhuma possibilidade, de ninguém achatar este governo, de ninguém pegar uma entrevista e dizer que a partir de abril vou promover mudança, não tem mudança nenhuma a ser promovida. Quem disse isso está falando besteira e está falando para o vento”, afirmou Ricardo Coutinho.
Conforme o socialista, ele não garantiu e também não descartou, porque é uma pessoa da política, fazendo alusão à seara onde tudo pode acontecer. “Eu disse que só sairia, porque é uma hipótese, claro, e sou da política, não fiz promessa de não sair ou de sair, sigo a um projeto. Mas disse que só sairia se eu tivesse o governo até o dia 31 de dezembro de 2018, não sou eu Ricardo, é o projeto político que represento”, explicou. “Só sairia se o governo não mudasse absolutamente nada. No risco de mudar eu não saio”, completou.
Para finalizar, o governador decretou o seu fico. E quando questionado se a posição era para a vice-governadora não assumir, ele rechaçou isso, e focou no projeto socialista. “Não falo em nome de pessoas, o que falo é que eu não vejo condições realmente onde as pessoas dizem que haveria. Se dizem é porque pensam, se pensam é porque desejam, então isso está descartado. Não haverá passagem de governo nessa situação, fico até o final”, disse Ricardo.
3
0 Comentários

Postar um comentário