ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video



O jornalista e radialista Fabiano Gomes denunciou na noite desta segunda-feira (20) que a deputada Camila Toscano (PSDB) paga o seu plano de saúde pessoal com verbas indenizatória da Assembléia Legislativa. A nota está publicada no seu Blog e tem o seguinte teor:
Quem escuta o discurso da deputada Camila Araújo Toscano (PSDB) se surpreenderá, assim como eu, em saber que, apesar do gordo salário que recebe como parlamentar, paga o plano de saúde com a verba indenizatória do seu gabinete na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).
A editoria do Polêmica Paraiba ligou para a assessoria da deputada cobrando sua versão sobre a denuncia e até a publicação desta matéria não obtivemos retorno.
Por volta das 23:30 minutos a própria deputada enviou a nota seguinte:
Camila encaminha informações sobre utilização da VIAP A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) enviou informações sobre a utilização da Verba Indenizatória de Apoio Parlamentar (VIAP) e destacou que não existe ilegalidade na utilização do recurso para o pagamento de despesas como plano de saúde do parlamentar, estruturação de escritório, anúncios em veículos de comunicação, entre outros.
“Acredito que por desconhecimento da resolução que trata sobre a utilização da VIAP ou até mesmo por ter sido induzido ao erro, o jornalista Fabiano Gomes se equivocou ao tentar criminalizar o uso da verba para este fim. Não pago o plano de saúde dos meus dependentes com esse recurso, sou ressarcida apenas do meu, assim como acontece com outros parlamentares”, disse. Camila lembrou que é advogada e não cometeria nenhuma ilegalidade.
Ela destacou ainda que todo o processo de liberação e comprovação da VIAP passa pela Secretaria de Controle Interno da Casa Legislativa. “Se existisse ilegalidade, não utilizaria o recurso e nem a ALPB liberaria”, disse.
Do Polêmica Paraíba
3
0 Comentários

Postar um comentário