ECONOMIA

CUITEGI

FOTOS

EMPREGOS

Video



O ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), encaminhou nesta segunda-feira (13) ao presidente Michel Temer uma carta pedindo demissão do governo federal. O pedido de exoneração se deu em meio ao racha político no PSDB, que está dividido entre uma ala que defende a permência no governo federal e outra que quer desembarcar da gestão peemedebista.
O movimento de Bruno Araújo abre caminho para a reforma ministerial. A ideia do presidente da República era tirar dois ministros do PSDB, entre os quais Bruno de Araújo.
A ministra de Direitos Humanos, Luislinda Vallois, também pode deixar o primeiro escalão.
Leia abaixo a íntegra da carta de demissão de Bruno Araújo:

3
0 Comentários

Postar um comentário